Quiropraxia

Tudo que você precisa saber

O que faz um quiropata?

Quiropatas tratam as pessoas alinhando sua coluna com uma variedade de manipulações. Durante a primeira visita, os quiropráticos normalmente realizam um exame físico e têm um histórico de saúde, prestando atenção especial à coluna e se o paciente tem densidade óssea normal. Pessoas com níveis mais baixos de densidade óssea, como pessoas com osteoporose, receberiam tratamentos mais suaves. O quiroprático geralmente usa suas mãos para aplicar força rápida e controlada a uma articulação danificada ou lesionada, para permitir que a articulação se mova de uma maneira normal e reduza a dor e a inflamação.

Uma manobra é o ajuste cervical de alta velocidade, no qual o paciente relaxa a cabeça nas mãos do quiroprático, que rapidamente empurra a cabeça em uma direção. Os quiropráticos também podem realizar ajustes cervicais mais suaves e de baixa velocidade, e também tratam alguns pacientes com dores de cabeça causadas por irritação nervosa que se refere à dor na cabeça. O tratamento pode aliviar essas dores, reduzindo a irritação do nervo.

A cada ano, um grande número de pessoas nos Estados Unidos procura quiropatas para alívio de dores de cabeça; dores nas costas, ombros, pés e pescoço; e para ajudar com dormência e formigamento ou perda de força nos braços e mãos.

Cerca de 35 milhões de adultos em todo o país viram um quiropatas em 2016, de acordo com uma pesquisa feita pelo Gallup Panel. A pesquisa descobriu que mais de 62 milhões de pessoas procuraram um quiropata nos últimos anos, e 77% das pessoas tratadas acharam o tratamento quiroprático "muito eficaz". De fato, os quiropráticos promovem seu tratamento como uma terapia menos invasiva e mais segura para muitas doenças. Mas o tratamento quiroprático não é isento de riscos.

Aqui vai algumas dicas das vantagens, potenciais desvantagens e sugestões de como obter o melhor atendimento.

Benefícios

Alguns estudos mostraram que a quiropraxia é benéfica. Em um estudo publicado de 2008, os pesquisadores avaliaram as experiências de tratamento quiroprático de 192 pessoas com dor nas costas ou ciática, uma condição na qual um nervo comprimido na parte inferior da coluna causa dor nas pernas. Outro estudo publicado no British Medical Journal em 2003 avaliou 183 pacientes com dor cervical que foram aleatoriamente designados para receber tratamento que envolveu manipulações da coluna vertebral, fisioterapia (principalmente exercício) e cuidados de um clínico geral, que envolveu principalmente aconselhamento, educação e medicamentos prescritos. As pessoas no estudo mantiveram diários de custo por um ano. O estudo descobriu que a terapia manual era mais eficaz e menos dispendiosa do que a fisioterapia ou os cuidados de um clínico geral.
 

Tire suas dúvidas sobre Quiropraxia:

*Campos obrigatórios.